Movimento dos Focolares

Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home EdC Sobre a Economia de Comunhão

O que é a Economia de Comunhão

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
logo-edc

A Economia de Comunhão (EdC) envolve empresários, trabalhadores, gestores, consumidores, aforradores, cidadãos, estudiosos e demais operadores económicos. Foi lançada por Chiara Lubich em Maio de 1991 em São Paulo - Brasil, a fim de construir e apresentar uma sociedade na qual, à imitação da primeira comunidade de Jerusalém, "entre eles não havia necessitados".

As empresas são a espinha dorsal do projecto e livremente decidem colocar em comum os lucros da empresa segundo três finalidades de igual importância:

- ajudar as pessoas que estão em dificuldade, criando novos postos de trabalho e satisfazer as suas necessidades básicas através de projectos de desenvolvimento, começando com aqueles que partilham o espírito do projecto;

- difundir a "cultura do dar" e da reciprocidade,
sem a qual é impossível realizar uma Economia de Comunhão;

- desenvolver a empresa, que deve permanecer eficiente e competitiva,
enquanto se abre à gratuidade.

Além disso a EdC dá origem a pólos produtivos nas cidadelas do Movimento dos Focolares, com a finalidade de mostrar um local industrial sui generis, laboratório vivo de uma economia de comunhão.dvd-edc

 

DVD sobre Economia de Comunhão

Qual é a novidade?

  • A EdC nasce de uma espiritualidade de comunhão, expressão do carisma da unidade na vida civil;
  • conjuga eficiência e fraternidade;
  • acredita na força do dar e da espiritualidade para transformar o comportamento económico;
  • não considera os pobres como um problema, mas como um valioso recurso para o Bem Comum.

edc-oqe 

(Visite o Site Internacional da EdC)
Actualizado em ( Quinta, 05 Abril 2012 11:12 )  

Conferência com o prof. Luigino Bruni

UMA ECONOMIA DE COMUNHÃO PARA A EUROPA
Instituto Superior de Economia e Gestão - 11.7.2013 - Lisboa

luiginoVeja aqui o vídeo